21
Jun 13


Matilde Rosa Araújo nasceu a 20 de junho de 1921 e morreu a 6 de julho de 2010. Licenciou-se em filologia.

No entanto destacou-se por uma vida dedicada aos problemas e aos direitos das crianças. Temáticas que se refletiram sua obra literária, que abordou a infância baseando-se em três perspetivas: a infância feliz, a infância agredida e a infância como projeto.

Galardoada com o prémio para o melhor livro para a Infância publicado no biénio 1994-1995, atribuído pela Fundação Calouste Gulbenkian, em 1996, ao livro de poemas "Fadas Verdes", teve obra importante, também, na literatura para adultos, através de contos e de poesia.

Os mais de 20 livros que publicou colocaram a tónica na obra para os mais novos, o que lhe valeu a atribuição do Grande Prémio de Literatura para Criança da Fundação Calouste Gulbenkian, “ex-aequo” com Ricardo Alberty, em 1980 e o prémio para o melhor livro estrangeiro, com "O Palhaço Verde", atribuído pela associação Paulista de Críticos de Arte de São Paulo, Brasil, em 1991.

Matilde Rosa Araújo recebeu, também, o grau de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, em Maio de 2004.
publicado por Isabel Botelho às 00:22

Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15

20

23
26
27
28
29

30


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO