04
Mai 13



As capas do Senhor Santo Cristo dos Milagres, (venerado na cidade de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, nos Açores), são ricas amostras, de grande beleza da arte de bem bordar.

 

Para além da sua expressão de beleza e de requinte artístico, são também o reflexo duma grande Fé, na medida em que, praticamente todas elas, foram oferecidas como testemunho de gratidão, por tantos favores concedidos em várias e difíceis circunstâncias da vida por que passaram muitos devotos do Senhor Santo Cristo.


O culto do Senhor Santo Cristo dos Milagres foi despoletado pela Madre Teresa da Anunciada, e acontece há mais de 300 anos, na ilha açoriana de São Miguel, também conhecida por ilha verde, uma das nove que constituem este belíssimo arquipélago português. Aqui congregam-se, ano após ano, milhares de pessoas, por altura das festas do Senhor Santo Cristo.


Cada capa tem a sua história, a sua afirmação simbólica, a sua intimidade com o Senhor da Esperança, mas em tudo são um sinal de amoroso reconhecimento, pelas graças alcançadas. 
As capas são ainda testemunho de autênticos milagres que se operaram na vida de muitos, não apenas por via da cura de achaques, mas também por problemas que passaram. 




Nos últimos anos, algumas têm sido oferecidas por famílias de emigrantes de São Miguel, que se fixaram na América e no Canadá, embelezadas com bordados a oiro, inspirados em motivos decorativos existentes no Convento, ou até mesmo nas próprias joias que ornamentam a Imagem do Senhor. 



O fundo das capas é sempre de veludo de seda vermelho, forradas de cetim. As Irmãs da Congregação das Filhas de Maria Imaculada, nas comunidades estabelecidas, tanto em Ponta Delgada, como em Vila Franca do Campo, têm-se encarregado de as executar, por vezes, coadjuvadas pelas suas educandas, o que sobreleva o seu valor patrimonial. 


Quem nos visita, delicia-se a observar algumas dessas capas, expostas numa das alas do coro baixo, apreciando a arte com que se conjuga a aposição das joias oferecidas, com os desenhos, de sugestivo efeito, a fio de oiro que as emoldura. a acreditar que a Imagem daquele Senhor lhes iluminou a vida e indicou novos caminhos de paz e de esperança.

Texto adaptado do artigo: Capas do Senhor Santo Cristo ! - jóias de rico simbolismo, da autoria de Rúbens Pavão.



À capa do Senhor, aurifulgente, 
Demos-lhe a cor da Fé e o rubro é assim,  

Nele e no andor, lembrança
De viva crença - crer sincero e ardente,
Na Divina Clemência - bem sem fim,
Santíssima bonança.

Por isso alguém vestiu esse tesouro
Mesmo à hora da morte mais cruel,
Como luz, derradeira...
- A capa do Senhor em lhama de ouro,
É símbolo do céu, em S. Miguel.
É nossa Bandeira!.

Oliveira San-Bento


publicado por Isabel Botelho às 20:14

Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11





mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO