18
Abr 13

Sopa é uma comida líquida ou pastosa e elemento fundamental da gastronomia. Os ingredientes da sopa são tão variados quanto as mais diversas culinárias, podendo incluir vegetais (batata, cebola, couve, cenoura, etc.), carnes ou peixes e mariscos. 



Sopa é uma comida líquida ou pastosa e elemento fundamental da gastronomia. Os ingredientes da sopa são tão variados quanto as mais diversas culinárias, podendo incluir vegetais (batata, cebola, couve, cenoura, etc.), carnes ou peixes e mariscos. 
Os nutricionistas aconselham, em geral, a ingestão diária de sopa para um regime alimentar equilibrado. 
A maior parte das sopas é de baixo custo, de confecção simples, e de digestão fácil, contendo vitaminas e hidratos de carbono. A ingestão de sopa auxilia nos regimes alimentares de controlo de peso e é uma forma fácil de assegurar que crianças pequenas e idosos ingerem produtos hortícolas e água.
Em Portugal a sopa ocupa um lugar de grande importância à mesa, sendo por exemplo de presença obrigatória nas ementas escolares. 





História: Pesquisadores, como Rosario Buonassisi, consideram as sopas como o prato mais antigo do mundo, sendo anterior, inclusivamente, ao assado de carnes, pois há indícios dessa refeição antes mesmo da descoberta do fogo. Os alimentos, vegetais e pedaços de carne crua eram triturados em água. Há registos arqueológicos de preparação se sopas entre os Anasazi, da região do Four Corners (EUA) em cestos de palha vedados com betume, na Anatólia (Turquia) em potes de cerâmica, na Escócia em estômago de herbívoro(algo similar ao "Haggis" de hoje). 


Tipos de sopas: 
A maior parte das sopas é feita com ingredientes cozidos, mas também há sopas frias como os gaspachos (da Andaluzia-Espanha), a panzanella da Toscana-Itália e as vichyssoises. Existem várias manifestações gastronómicas espalhadas pelo Mundo, todas elas mostrando o que de melhor se faz em cada região. No mês de Abril, em Alenquer, Portugal, há anualmente um Festival das Sopas e Merendas que disponibiliza, aos milhares de visitantes, as sopas de antigamente.


A Adega Cooperativa de Labrugeira, entidade responsável pelo evento, faz questão em respeitar a tradição, e acompanha as sopas tradicionais com uma merenda e um petisco, mostrando assim a antiga alimentação diária dos trabalhadores rurais da região. O conceito da sopa de pedras manifesta-se em várias culturas do Ocidente (i.e. Brasil, Portugal, França, Estados Unidos, Espanha, etc.). 
Fonte: Texto adaptado deWikipédia
publicado por Isabel Botelho às 18:09



O Palácio de Sant' Ana localiza-se, na cidade de Ponta Delgada, no concelho com o mesmo nome, na ilha de São Miguel, nos Açores.




O Palácio de Sant’ Ana e o seu parque, um frondoso e luxuriante jardim, que   o envolve, foram construídos segundo um projeto do morgado José Jácome Correia, em meados do século XIX, altura do famoso ciclo de ouro para a economia dos Açores, graças à cultura e exportação da laranja para a Grã-Bretanha. 



O Palácio de Sant’ Ana acolhe, desde 1980, a sede da Presidência do Governo dos Açores e Paços do Concelho de Ponta Delgada.


Encontra-se classificado como imóvel de interesse público e como Monumento Regional.



O seu jardim botânico é um importante museu vivo e património natural e histórico dos Açores. É um testemunho do seu tempo, elemento importante na história da arte dos jardins, que deve ser defendido para nosso benefício e das gerações futuras. 



O jardim do Palácio de Sant’ Ana vai estar aberto ao público, do dia 20 de Julho até 20 de Setembro, nos dias úteis, entre as 10:00 horas e as 16:00 horas. 



As visitas de grupo e as visitas guiadas podem ser marcadas através do número de telefone 296 301 000.
publicado por Isabel Botelho às 10:30



Efemérides 18 de abril: 

Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.
1506 – O Papa Júlio II coloca a primeira pedra da Basílica de São Pedro, em Roma.
1857 – É lançado O Livro dos Espíritos, em França, que marca o nascimento do Espiritismo, codificado por Allan Kardec.
1946 – É dissolvida a Liga das Nações.
Nasceram neste dia…
1768 – Jean-Baptiste Debret, pintor e desenhista francês (m. 1848).
1842 – Antero de Quental, escritor português (m. 1891).
1882 – Monteiro Lobato, escritor brasileiro (m. 1948).
Morreram neste dia…
1830 – José Maurício Nunes Garcia, compositor brasileiro (n. 1767).
1951 – Óscar Carmona, 11º Presidente da República Portuguesa (n. 1869).
1955 – Albert Einstein, físico alemão (n. 1879). Fonte: Wikipédia
publicado por Isabel Botelho às 09:22


VERNIZ DE GEL


O verniz de gel aplica-se como um verniz normal. Os frascos trazem um pincel, semelhante aos dos vernizes comuns.







A base do verniz de gel é a primeira camada a ser aplicada, para uma melhor aderência à unha, do verniz escolhido.

Seca na máquina de raios UV, durante 2 minutos.Segue-se a aplicação do verniz de gel, propriamente dito,na cor escolhida - e a paleta de cores é bastante variada - ao que se segue o mesmo processo de secagem, tal como se procedeu com a base.






O verniz de gel tem uma durabilidade prevista de 2 semanas, (mas pode, e dura mesmo, mais tempo).


Remove-se em minutos com líquido próprio, à base de acetona. O salão não cobra pela remoção do verniz.

















































publicado por Isabel Botelho às 00:55

Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9


25
26

28


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO